sábado, 23 de julho de 2016

Moro diz que grampos poderiam justificar prisão de Lula

Juiz da Lava Jato não abre mão das investigações sobre o ex-presidente e fulmina argumentos da defesa do petista que queria tirar o caso de suas mãos por meio de exceção de suspeição criminal

Nenhum comentário:

Postar um comentário